Organizar Documentos – Rotina doméstica, organização e dicas

Aluguel, Cartão de Crédito, Multas, etc.

O que fazer com as contas pagas?

Parece que todo final de ano as pessoas resolvem organizar documentos. Surge, então, uma dúvida comum a muitas mulheres – responsáveis pela finanças do lar.O que devo fazer com as contas pagas? Quais recibos, carnês e documentos devo guardar e quais posso jogar fora?

A administração financeira do lar ou mesmo de um pequeno negócio exige organização. Ao mesmo tempo que dá vontade de jogar toda papelada no lixo, é preciso tomar alguns cuidados. Já pensou ser cobrado por algo que pagou, mas não ter como provar porque não lembra onde guardou o documento? Isso acontece com frequência.

Saiba melhor como Investir Dinheiro em 2012. microfranquias baratas e lucrativas e outras dicas.

Dicas: rotina doméstica

Para ajudar a mulher a organizar recibos, cartas e boletos acumulados ao longo do ano, elaboramos algumas dicas de quais você poderá se desfazer para começar o ano com menos coisas desnecessárias no seu armário ou arquivo de casa ou escritório. Saiba quais comprovantes devem ser guardados e por quanto tempo você deverá guardá-los. Alguns precisam ser arquivados durante bastante tempo, já outros podem ser descartados no curto prazo. Isto, porque para o Código Civil, cada contrato possui um prazo específico que precisa ser mantido caso o credor venha solicitá-lo para comprovar a quitação ou o pagamento em dia. Após este prazo, pode jogar fora, o valor não poderá ser mais cobrado.

O que fazer com recibos do aluguel e condomínio? Estes recibos comprovam que você está em dia no pagamento do seu imóvel, portanto, guarde todos os recibos do aluguel pelo prazo de 3 anos. Para quem mora em apartamento, mantenha os recibos do condomínio pago por cinco anos. Uma vez ao ano, peça uma declaração da inexistência de débito pendente à administradora.

O que fazer com as faturas pagas do Cartão de Crédito? É importante manter todos os comprovantes de pagamento, independentemente da bandeira ou banco. As faturas pagas devem ser guardadas durante cinco anos.

O que fazer com os boletos pagos do Crédito Imobiliário? No caso de imóvel, é fundamental que você guarde os recibos de cada parcela paga até concretizar, no Cartório de Registro de Imóveis, a escritura do mesmo. Feito isto, pode até jogar fora.

Para os consórcios imobiliários, os recibos devem ser arquivados até que este seja liberado pela administradora, que deverá oficializar a quitação do mesmo em cartório. A liberação da alienação fiduciária será o ato comprobatório do fim da dívida.

O que fazer com a nota fiscal de produtos comprados? Se você comprou um carro zero, eletrodomésticos ou itens de informática é aconselhável guardar a nota fiscal do bem enquanto você possuir o produto. Somente assim poderá reclamar caso o bem apresente um defeito após o término da garantia do fabricante, chamado de “vício oculto”, defeito que vai além do desgaste natural. Já no caso de alimentos e bebidas, ou seja, bens não duráveis, é recomendável guardar a nota fiscal pelo período de trinta dias.

O que fazer com o recibo de impostos pagos? Os impostos são documentos que comprovam sua quitação com as obrigações de cidadão. Declarações de Imposto de Renda, Carnês de IPTU e outros impostos precisam ser armazenados durante pelo menos 6 anos. É o tempo definido pelo Governo para que o mesmo possa vir a cobrar os cidadãos de tais obrigações.

O que fazer com os recibos do meu plano de saúde? Para quem tem contrato de seguro-saúde ou paga assistência médica particular, é sensato guardar os comprovantes de pagamento pelo prazo de um ano ou cinco anos, respectivamente.

O que devo fazer com o carnê do INSS? Profissionais autônomos precisam guardar o carnê do INSS por tempo indeterminado, até entrar com o pedido de aposentadoria junto à Previdência Social. Já o trabalhador registrado, deve manter todos os seus holerites.

Outros documentos: Contas de telefone, celular, TV a cabo, Internet, água, gás ou luz devem ser guardadas entre 2 a 5 anos; Extratos bancários por cinco anos; e Multas de Trânsito e Carnês de IPVA até o próximo licenciamento do veículo. Importante: De acordo com a lei nº 12.007/2009, toda empresa que prestam serviços, sejam eles públicos ou privados, têm a obrigação de enviar ao consumidor uma declaração de quitação anual de débitos. Esta declaração anula os comprovantes e boletos relativos aos 12 pagamentos realizados anteriormente. Pode jogar fora tais documentos e guarde apenas a declaração anual.

Organizar Documentos: Como organizar a papelada!

Arquivo – organização doméstica de contas pagas e documentos

Muitas mulheres não sabem organizar esta papelada. Tão importante quanto guardar é organizar. Compre um arquivo ou ficheiro, ou reserve um espaço em casa ou no escritório para organizar os documentos. Separe por ano, tipo, ordem alfabética ou ordem de vencimento. A lei aceita arquivos digitalizados. Digitalize todos documentos, transformando-os em arquivos digitais em uma pasta específica em seu computador. Porém, mantenha sempre um “backup” dos mesmos. Na dúvida, consulte o Código de Defesa do Consumidor ou o site do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor – Idec. Você tem coisas mais importantes para se preocupar, não canse sua beleza com uma bagunça desnecessária!

As informações retiramos do site parceiro Revista Feminina: Moda Feminina, Noivas, Casa e Mulher!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*